No quarto dia da oitava Expedição Zigurats do Projeto Portal a Turquia, realizada no período de um a oito de maio deste ano, evento  promovido em Dara, na província de Mardin, deixou marcas em todos os pesquisadores liderados por Urandir Fernandes de Oliveira.   Os dois ônibus transportando os associados do Projeto Portal às ruínas da antiga cidade fortaleza que herdou seu nome de Dario o grade naquela manhã de segunda-feira, dia cinco de maio, chegaram ao local e crianças pareciam esperar sua chegada. Ao descerem dos ônibus,  os pesquisadores começaram a entregar cadernos, lápis de cor, borrachas, canetas, mochilas, entre outros e foram envolvidos por meninas e meninos ávidos pelos presentes.
 
A cada dia que passa Zigurats, a cidade do futuro, floresce em pleno cerrado sul-mato-grossense, em meio a exuberante verde e cercada por montanhas e vales de beleza inigualável, localizada na zona rural do município de Corguinho/MS, a sete quilômetros da fazenda Projeto Portal. Trata-se da pérola das cidades por ser totalmente diferente do que existe em termos de loteamento urbano e construção civil.   São sete equipes de construtores trabalhando quase que ininterruptamente, entre pedreiros, pintores e eletricistas. A todo instante, máquinas e tratores acertam os detalhes das ruas e adjacências, além de possibilitar acesso fácil à Zigurats para garantir entrega de material com facilidade, em um verdadeiro canteiro de obras.
 
Pesquisadores do Projeto Portal, liderados pelo presidente Urandir Fernandes Oliveira, iniciam no dia dois de maio mais uma etapa das expedições ao exterior visando estudar e pesquisar o legado de antigas civilizações associando mensagens, construções e símbolos deixados em diversos países e em diferentes épocas, culturas e regiões distantes uma das outras existentes há mais de 30 mil anos. Pela segunda vez os pesquisadores vão a Turquia seis meses após a primeira pesquisa realizada naquele país. O foco das atividades se refere ao monte Nemrut , localizado no Sudeste da Anatólia, a 100 km da cidade de Adıyaman, Turquia, o primeiro relevo a destacar-se no norte da Mesopotâmia, atingindo uma altitude de 2 200 metros acima do nível do mar. Ali se encontra o famoso túmulo do rei Antíoco I cercado por  estátuas mitológicas como Apolo, Zeus, Heracles e outros. Estas gigantescas cabeças têm mais de 2000 anos e foram descobertas em 1881 por Karl Sester, um arqueólogo alemão. Foram esculpidas em 63 A.C.  Em 1987, a montanha de Nemrut passou a fazer parte da lista do Património da Humanidade da UNESCO. Também foi convertida em Parque Nacional.
 
Na quarta-feira, dia dois de abril, estreou na Rádio Mundial FM 95,7 e AM 660 o Programa Em Busca de Conhecimento,  um novo conceito no rádio brasileiro. O programa, apresentado por Állan Fernandes, contém  um mix de informação que ajuda na compreensão da vida e de tudo aquilo que está correlacionado ao nosso universo. Temas polêmicos como antropologia, civilizações antigas, história, psicologia, física, astronomia, saúde e bem estar. O programa interativo aborda questões polêmicas ainda não explicadas pela ciência tradicional.
 
Segue Vídeo da Explicação do Pesquisador Alessandro Oliveira sobre o relatório do objeto azul que apareceu nas proximidades de Júpiter. s Fonte: CTZ
 
O Centro Tecnológico Zigurats (CTZ) do Projeto Portal, por intermédio de seus pesquisadores, divulgou relatório na sexta-feira (07) informando que a anomalia de cor azul verificada na noite do dia 24 de janeiro durante 42 minutos em seu Observatório em Corguinho/MS nas proximidades do planeta Júpiter, emitia luz própria em um espectro limitado e se movimentava em grande velocidade em trajetória não linear. Por isso, concluíram que a anomalia possui características de algo desconhecido pela ciência podendo ser denominado de “objeto” desconhecido.

Os pesquisadores do CTZ descartaram a hipótese de possíveis reflexos na lente do telescópio, falhas ou defeitos técnicos.
 
Pesquisadores do Centro Tecnológico Zigurats – CTZ do Projeto Portal captaram durante observação  de rotina no céu em seu Observatório em Corguinho/MS na noite do dia 24 de janeiro um estranho objeto  de cor azul neón nas proximidades do planeta Júpiter, o qual fez diferentes manobras após sumir  totalmente do campo de visão do telescópio, após 42 minutos ter sido detectado.  Todo o movimento do objeto foi fotogrado.
 
O Complexo Tecnológico Zigurats compreende a Cidade Zigurats, a Pirâmide Escalonada, o Observatório Astronômico bem como seu anexo e as Galerias Subterrâneas. O local é considerado um dos vórtices mais poderosos de energia hoje em dia como era antigamente Machu Pichu, Triângulo das Bermudas, a pirâmide de Saqqara e as pirâmides do Egito.
 
Foram 13 dias de muita emoção e trabalho reunindo 80 pessoas no período de 19 a 30 de outubro de 2013 na 7ª Expedição Zigurats  à Turquia - "descobrindo o passado para entender o futuro", liderada pelo presidente da Associação Projeto Portal, Urandir Fernandes de Oliveira. Foram  longos trajetos percorridos para a realização de pesquisas visando estabelecer a ligação entre o legado de antigas civilizações e suas interligações nas diversas regiões do planeta, registrando a passagem de inteligências de outros mundos em locais longínquos uns dos outros através da identificação dos mesmos símbolos registrados em todos eles.   Alegria e muita disposição dos pesquisadores marcaram o evento que muitas vezes surpreendeu  com o que foi encontrado, tal  a semelhança ou a correspondência com os demais achados  nas expedições anteriores na Amazônia e diversas regiões brasileiras como as ruínas de São Miguel das Missões,  e exterior  como no Paraguai,  Peru, Bolívia, França, Espanha, entre outros.
 
Algo muito estranho está acontecendo na África, o segundo maior e mais populoso continente do mundo, ao tornar-se o continente com maior número de conflitos duradouros em todo o planeta, de acordo com a ONU. De um total de 54 países que compõem a África, 24 encontram-se atualmente em guerra civil ou em conflitos armados, conforme levantamento do site Wars in the World. No geral, as guerras africanas não são entre países, mas conflitos internos. Eles têm como principais causas a falência do Estado, batalhas pelo controle do governo e a luta por autonomia de grupos étnicos.
 
Um site norte-americano que trata de diversos assuntos com muito humor divulgou na sexta-feira, dia 27 de setembro, que o presidente  dos Estados Unidos, Barack Obama anunciou que extra- terrestres controlam os principais governos do mundo desde o fim da Segunda Guerra Mundial. Conforme a brincadeira divulgada no site  http://nineinchnews.com o presidente Obama teria dito ainda que outras raças de extraterrestres querem o contrário, ou seja, libertar a Terra do controle exercido pelos governos que estão sobre a tutela dessas raças.   A fictícia entrevista de Obama aos repórteres na Casa Branca causou  alarde em alguns sites. Apesar disso, sabe-se que o presidente dos Estados Unidos vem se referindo seguidamente à presença extraterrestre na Terra.
 
Dia 02 de agosto de 2013, Sexta a noite. Local Campo Grande.
+1 Prova.
Filmamos 1 Nave, conhecida como UFO para as pessoas que acreditam.

 
Foram mais de dez anos de pesquisas em diversos sítios arqueológicos ao longo dos mais de sete mil km percorridos em território brasileiro e em países da América do Sul, dos quais 3.277 km da região dos Sete Povos das Missões  no Rio Grande do Sul até o Forte Príncipe da Beira, em Rondônia e deste local mais 3.729 km até o Forte Macapá no delta do rio Amazonas, além de regiões na Bolívia e Peru, Uruguai, Paraguai, França, Alemanha e Espanha idealizadas e lideradas pelo presidente da Associação Projeto Portal, Urandir Fernandes de Oliveira, reunindo cerca de 100 pesquisadores do Projeto Portal em suas diversas fases.                                            
 
Os associados do Projeto Portal consideram justas as manifestações pacíficas por melhorias nas condições da população brasileira, não só a redução no preço das passagens do transporte coletivo como também o término da corrupção e melhorias nas áreas da Saúde e Educação, além de outros setores que desagradam a todos os brasileiros.
 
“Vem, vem, vem pra rua vem: contra o aumento!”. Do ponto de encontro marcado entre as avenidas Faria Lima e Rebouças, em São Paulo, era isso o que podia ser ouvido se aproximando, oriundo do Largo da Batata, em Pinheiros. Nove integrantes do Projeto Portal foram nesta segunda-feira, dia 17 de junho de 2013, para a passeata histórica, a primeira sem violência contra o aumento da tarifa do ônibus de R$ 3 para R$ 3,20, com material para disseminar conhecimento entre os manifestantes.
 
  A Associação Projeto Portal está construindo a cidade Zigurats em pleno coração do Mato Grosso do Sul, na área rural do município de Corguinho. A cidade do futuro está sendo erguida com construções totalmente diferenciadas da arquitetura tradicional, com cobertura abobadada em forma de arco, domo, quadriculado e piramidal, projetada para suportar possíveis anomalias provocadas pela natureza, como terremotos, vendavais, etc. 
 
Na tarde do dia 13 de maio último, na cidade de Rochedo, MS, dois elementos se dizendo jornalistas do site Campo Grande News abordaram comerciantes do Posto Diamante, Nosso Mercado e na Drogaria Bom Pai, todos estas empresas conveniadas à Associação Projeto Portal, com sede na cidade de Corguinho, MS. Os dois homens, que chegaram em um veículo Gol branco,  tinham em suas mãos cartão pertencente aos associados e conveniados da Associação Projeto Portal, tentaram intimidar funcionários e empresários das empresas citadas, alegando que caso estivesse aceitando tal bônus em troca de produtos estariam cometendo crime, tendo em vista que tratava-se de uma moeda paralela. Os conveniados, em resposta a tal absurdo insinuado pelos supostos repórteres apresentados apenas como Elvis e Erasmo, indicaram que o cartão participativo da Associação Projeto Portal não se tratava de moeda paralela, e sim uma campanha realizada entre a Associação e as empresas visitadas, nos mesmos moldes como são feitas inúmeras outras em todos os ramos de atividade comercial, como, por exemplo, fast foods, mercados, lojas de conveniência etc, tudo legalmente amparado e em pleno acordo com os princípios basilares previstos por nossa Constituição.
 
Na Espanha, Urandir Fernandes de Oliveira e equipe estão realizando palestras, dinâmicas e atividades de campo visando levar informações do Projeto Portal e das 49 raças de extraterrestres parceiros no sentido de mostrar e comprovar uma nova visão de realidade através das pesquisas realizadas pela ciências paralelas.

As ciências paralelas estudam todas as manifestações que vão além da compreensão humana por intermédio da comunicação verbal com extraterrestres e a parceria com seus pesquisadores.  Assim, as pesquisas ultrapassam as fronteiras do conhecimento terreno, aliando a física quântica à pesquisa de civilizações antigas, física, biologia, matemática  e a consequente constatação da presenta extraterrestre na Terra há milhares de anos.
 
Que a Terra está passando por mudanças climáticas intensas não há mais dúvida, a dúvida ainda permanece na questão se elas são decorrentes do aquecimento global ou de um ciclo natural que ainda inclui fenômenos externos como tempestades solares e radiação cósmica.
 
A ciência é quem precisa provar a não existência da presença extraterrestre na Terra, afirma o polêmico presidente da Associação Projeto Portal Urandir Fernandes de Oliveira  fundamentado em evidências relacionadas ás pesquisas e investigações de campo terrestre e aéreo em todo o planeta e divulgadas em diversos meios como palestras, programas de televisão, jornais, rádios, vídeos, etc.  realizadas em todo o país  há mais de 16 anos e recentemente na entrevista concedida ao apresentador Alexandre Ferreira, do programa Boa Tarde Globo, da Rádio Globo FM  do Rio de Janeiro.  Segundo Urandir, não tem como dizer que os extraterrestres não estão presentes na vida humana, no planeta Terra.